Botox na Odontologia Estética

Vocês já devem ter ouvido falar da toxina botulínica, é a aplicação dessa toxina que tem o poder de paralisar os músculos de determinadas regiões da face, fazendo com que a aparência de linhas de expressões e rugas sejam amenizadas, dando um aspecto mais jovem à pele.
As três marcas mais conhecidas  no mercado são: Dysport ® , Xeomin ®  e o mais conhecido, o  "Botox ® ".

*Imagem retirada do site Sorridere

Em bate papos na porta da escola enquanto aguardo o portão abrir para buscar minhas filhas sempre tem algumas mamães conversando sobre aplicação de Botox, corrigir uma linha aqui, melhorar uma ruga ali, levantar a pálpebra caída, enfim, 9 em cada 10 mulheres já fizeram ou tem vontade de fazer uso da Toxina botulínica, o Botox como é popularmente conhecido.
Eu ainda não sinto a necessidade de fazer uso, porque ainda não tenho grandes áreas a serem corrigidas, mas não descarto a possibilidade.
A grande novidade é que o procedimento agora pode ser realizado por dentistas, na Odontologia Estética para melhorias do sorriso gengival, do ranger dos dentes e da hiperatividade muscular.
Vale ressaltar que o procedimento só pode ser realizado por dentistas para os casos citados acima, não podendo ser utilizado como procedimento estético para melhorias de rugas e linhas de expressões. Para casos como esse os pacientes devem procurar por um cirurgião plástico.
Mas voltando ao tema do post de hoje, veja abaixo quais procedimentos o Botox pode ser realizado por dentistas:

Botox para o Bruxismo e Hiperatividade Muscular

Bruxismo é o ato de apertar ou ranger os dentes durante o dia ou noite, nesses casos a toxina botulínica é injetada nos dois lados do músculo masséter, principal músculo da mastigação, diminuindo sua potência e amenizando o estímulo para o bruxismo. Outro uso da toxina também para as dores orofaciais e problemas para disfunções da articulação têmporo mandibular, a ATM.

*Imagem retirada do site Ortoblog
*Imagem retirada do site Dental povoa

Botox para o Sorriso Gengival

Outra opção do Botox na odontologia é a melhoria do sorriso gengival, para aquelas pessoas que mostram demais a gengiva na hora de sorrir, tem a possibilidade de optar pela aplicação do Botox ao invés da cirurgia, isso se dá através da paralisação do músculo pelo levantamento do lábio superior em ambos os lados, sendo assim teremos uma menor exposição da gengiva.



Contra Indicações

É contra indicado o procedimento durante a gravidez, amamentação ou em pessoas com doenças auto imunes (em que anticorpos atacam células sadias do corpo), doenças neurológicas e que afetam os músculos, alérgicos à proteína do ovo e que estejam fazendo o uso de medicamentos com aminoglicosídeo.

Riscos e Desvantagens

O maior risco recorrente é sem dúvidas o exagero na dosagem, aplicação em lugares errados também podem trazer resultados desastrosos, como assimetria, isso é, um lado ficar diferente do outro, o mais comum é a pálpebra caída por exemplo, em casos mais extremos pode causar o botulismo, uma doença grave que paralisa os músculos. Do ponto de vista da saúde também podem prejudicar movimentos necessários como piscar, mastigar, deglutir e até respirar.
Portanto, antes de sair aplicando a Toxina botulínica, tenha certeza de que é realmente necessário e procure um profissional capacitado para a realização do procedimento estético.
Os avanços da odontologia estética estão aí para ser usada a nosso favor.

Fontes pesquisadas para essa matéria:

Para mais informações acesse: www.sorridere.net



Acompanhe o UMC nas redes sociais:

4 comentários:

  1. Muito interessante essa publicação, valeu pelas informações e dicas. Vou conhecer melhor a Sorridere.

    ResponderExcluir
  2. Já tinha ouvido falar, mas nunca vi na prática como ficavam os resultados. Adorei.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky
    Já se inscreveu no canal?Confira meu último vídeo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me surpreendi com os resultados também!
      Vou assistir seu vídeo.
      Beijo

      Excluir