Reflexão - Os propósitos de Deus não são os nossos

Será que sabemos mesmo aceitar a vontade de Deus? E se, de repente, as coisas na sua vida começassem a dar errado e você começasse a perder dinheiro, seu carro quebrasse, se seus filhos ficassem doentes... Certamente você correria para a igreja mais próxima, para buscar uma resposta, saber o que está fazendo de errado, ou o que causou tudo isso. 
Mas e se fosse um plano de Deus em sua vida? Se você tiver que passar por tudo isso? Um teste de fé ou se simplesmente você não obtiver a resposta que tanto almeja ouvir?


Quantas vezes achamos que estamos sós, quantas vezes ouvimos os ditos populares: "- Deus dá o frio conforme o cobertor."
Muito bonito falar sem estar sentindo na pele, ficar doutrinando a casa alheia, sem estar passando pela mesma provação.
Será que é possível passar pela prova sem reclamar, ou será que Deus, sendo o dono de tudo, que ofereceu a vida do seu amado Filho, para perdão de nossos pecados, tem obrigação de nos conceder bens materiais? Será que porque fazemos a nossa parte, (o que diga-se de passagem não é nada mais do que nossa obrigação), temos que ganhar algo em troca, porque somos honestos e pagamos nossos impostos.
Vamos combinar que já passou da hora de ficar correndo atrás desses bens materiais e aceitarmos os propósitos de Deus em nossas vidas. 
Será que sabemos aceitar a vontade de Deus? 
E se aceitássemos viver uma vida simples, sem glamour, mas com obediência, privando-nos de coisas desnecessárias, que não nos trazem nada mais do que uma felicidade momentânea e buscássemos ajudar mais o próximo, sem julgamentos hipócritas, sem falsos moralismos, mas viver tendo dentro de si a verdadeira paz na alma.
Se identificou com algo? Está pensando que talvez, só um pouco, está correndo demais atrás de um sonho e deixando para trás muitas vezes a oportunidade da felicidade plena.
E se, Deus com sua infinita sabedoria está querendo ensinar-lhe tudo isso de uma forma diferente.
Em suas orações, fale com humildade, com amor como quem chega ao pai quando está sentado no sofá. Primeiramente, demonstre interesse pelos seus feitos, mostre que está querendo se aproximar e quer aprender. Não importa a sua vontade, mas pergunte o que Ele quer que você faça, não me acho na condição de ensinar ninguém, mas acredito que essa seja a verdadeira receita para o sucesso.


"Há para todas as coisas, um tempo determinado por Deus"
Eclesiastes cap. 3

0 comentários:

Postar um comentário